sexta-feira, 22 de abril de 2016

Mentalização cria a realidade.


A conquista de um objetivo passa pela mentalização, pois a mentalização cria arquétipo.
Arquétipo é uma espécie de molde, de forma e a partir da mentalização ele passa a existir, a princípio no plano mental e emocional, mas já existe.

Mentalização é a mesma coisa que imaginação, só que dirigida. Por exemplo: eu quero muito viajar para a Indonésia, então eu começo a me imaginar comprando a passagem, fazendo as malas, chegando nas ilhas, surfando a suas ondas e vivenciando aquela experiência desejada.

Como a mentalização cria um clichê (aquele arquétipo que passa a existir no plano emocional e mental) é muito importante você saber que o que está sendo mentalizado  já passou a existir e que, portanto,  é só uma questão de tempo para se cristalizar e trazer a matéria mental para o plano físico.

Um bom exemplo da realidade criada a partir da mentalização é o projeto de um arquiteto, que sai da sua mente e vira um arquétipo, então vai para o papel como um desenho e, depois, vira um prédio, uma ponte ou uma cidade!

Agora imagine uma casa que foi sendo construída sem um projeto, qual seria o resultado? As favelas estão aí para responder.

Algumas vezes encontro pessoas que falam e repetem: gostaria tanto de ganhar mais dinheiro, de viajar para Europa, gostaria tanto de uma namorada...
O conselho que sempre dou é: pare com o “gostaria”, mentalize os detalhes, imagine como vai ser, sinta como se já existisse, envolva-se emocionalmente com o pensamento.  Mas como matéria mental é bem mais sutil que a matéria física, precisará de doses generosas de atenção. Você não sabe como isso facilitará a sua vida!

O Comendador DeRose usa o exemplo de uma sala cheia de vapor d´água onde, talvez, a condensação desse vapor não encha nem um copo de água.
Ou seja, a mentalização tem que ter continuidade, deve ser feita com muita disciplina, tem que ser uma ideia fixa, repetida muitas vezes, uma espécie de farol que direcionará e motivará suas ações que cristalizarão o que você já construiu em pensamentos.
Afinal mentalização é mental + ação.

Aqui, no Centro Cultural Trindade, a mentalização é treinada a todo momento e temos aulas específicas para desenvolver essa habilidade.

E você, que realidade tem criado mentalmente?

segunda-feira, 14 de março de 2016

Esporte, determinação e sucesso

Gravei um vídeo onde faço reflexões sobre os diferenciais de campeões como Adriano de Souza e Kelly Slater.





Não basta ser bom técnicamente.

Abraço,

Helton

domingo, 31 de janeiro de 2016

Muito obrigado, seus sacanas!

Tenho lembranças muito carinhosas de minhas ex-namoradas, entretanto uma delas me magoou muito no fim da nossa relação. Claro que tivemos bons momentos e guardo memórias bonitas no meu coração.
Recordo com carinho de alguns lugares que trabalhei, quando vejo fotos daqueles tempos geralmente construo um sorriso no rosto, entretanto uma das empresas que trabalhei me machucou muito no fim da nossa parceria. Obvio que aprendi também pelas experiências boas que  tive lá. 
Muitos dos antigos amigos continuam amigos, mesmo distantes no espaço ou em ideologias, entretanto a traição de um pseudo-colega me marcou profundamente. Sim, apesar do erro, ele continua com boas qualidades.
Amo meus pais do fundo do coração, me ensinaram muito pelos bons exemplos,  mas alguns momentos de destempero do meu pai ficarão registrados em minha memória mesmo quando eu estiver bem velhinho.
Registre o fato que o admiro muito, por infinitos motivos.

Não quero com esse texto chorar as pitangas como diria o meu pai, longe disso, o que gostaria de alertar é que muitos paralisam na primeira, segunda ou terceira decepção
Hoje tenho a melhor relação afetiva que já tive, a melhor profissão que eu poderia ter, os amigos mais divertidos e leais e ainda expectativa de ser uma pai muito carinhoso.


Aí está o  texto de Saint-Exupéry me inspirou para essa reflexão:

É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou. Entregar todos os teus sonhos porque um deles não se realizou, perder a fé em todas as orações porque em uma não foi atendido, desistir de todos os esforços porque um deles fracassou. É loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu, descrer de todo amor porque um deles te foi infiel. É loucura jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo. Espero que na tua caminhada não cometas estas loucuras. Lembrando que sempre há uma outra chance, uma outra amizade, um outro amor, uma nova força. Para todo fim, um recomeço.”

Querido, embora não percebamos, na minha opinião os tombos mais feios ofertam as melhores oportunidades de aperfeiçoamento, basta trazer a responsabilidade para si e não cometer os mesmos erros.
Com carinho.



-

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

8 DICAS PARA VIVER EM ALTA PERFORMANCE COM QUALIDADE DE VIDA.


Dias atras postei  no Facebook 8 dicas para ajudá-lo a viver em Alta Performance com Qualidade de Vida.

Muitas pessoas curtiram e o  amigo Juliano Meneguzo, empreendedor do DeRose Method em Curitiba,  sugeriu um vídeo com mais explicações sobre as dicas.

Aí está, espero que lhe ajude a aproveitar melhor o tempo.




terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Para antes de fazer o planejamento


Comecei a produzir vídeos curtos com conteúdos interessantes a fim de aprimorar a sua qualidade de vida e performance.

O vídeo de hoje chama a atenção para um erro comum daqueles que não conseguem dar continuidade ao que foi planejado.





Na minha opinião, o ponto de vista que sugeri lhe ajudará a manter o foco e consequentemente alavancar o seu sucesso.

Abraço,

Helton


P/S.: siga nosso canal no YouTube e receberá em primeira mão os novos vídeos.  

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

NÃO FAÇA SÓ O QUE VOCÊ TEM VONTADE.


Não tem jeito, se você quer fazer o que tem vontade não poderá fazer só o que tem vontade. Eu sou Helton Santana, ensino por intermédio de palestras, cursos e especialmente aulas, geralmente na minha escola www.derosetrindade.com que fica em Floripa, e vou explicar melhor para você esse ponto de vista.

Para viver os seus sonhos muitas vezes precisará subjugar as vontades para priorizar as necessidades. Por exemplo: se você escolheu ser um empreendedor por valorizar a liberdade de escolhas e a autonomia para gerenciar o seu tempo, muitas vezes terá que acordar mais cedo e dormir mais tarde que todos os seus empregados para fazer o empreendimento dar bons resultados. Nessas situações você pensará: “Mas eu escolhi essa profissão porque eu sempre amei a liberdade e estou sem tempo até para correr na beira mar.” Oh! Vida cruel.”.

CALMA amigo! Você realmente precisará se superar, mas se conseguir administrar suas vontades colherá os doces frutos do sucesso e com o tempo conseguirá entender que toda a preparação deixará o grand finale ainda mais saboroso.

Agora para conseguir administrar esse instinto primitivo e infantil que grita EU QUERO, EU QUERO, EU QUERO e faz escurecer o que você realmente precisa fazer, pelo menos por um tempo, para ter o que deseja, existe um segredo. Preste atenção que eu vou falar baixinho só para você ouvri: r e s p i r a ç ã o  c o n s c i e n t e.

A respiração intencional é uma das ferramentas mais poderosas para quem quer fazer escolhas estratégicas.
Conheço mais de 54 exercícios respiratórios e dentre eles destaco três como indispensáveis para uma vida de poder, construída por escolhas conscientes.

A força da respiração é muito maior do que a média imagina. Por enquanto eu sugiro que quando o “bicho pegar” faça alguns ciclos de respiração consciente e, enquanto isso, lembre-se do que quer a médio ou longo prazo. No próximo texto vou ensinar uma dessas três técnicas básicas que o ajudará ainda mais nessa empreitada. Aguarde...

sexta-feira, 25 de julho de 2014

FÉRIAS PARA QUÊ?







Estamos entrando em um momento de transição do semestre, que também é um período de férias de muitas pessoas. Trata-se de um momento em que o valor mais precioso que temos, o tempo, pode ser aproveitado de formas diferentes e interessantes.

Pensando sobre como aproveitar o tempo, quando se tem um pouco sobrando, listei algumas sugestões interessantes para você tirar a pressão da rotina, aproveitar bem esse período da sua vida e com isso se tornar uma pessoa melhor.

Viajar:

Faço das palavras de Érico Veríssimo as minhas “Na minha opinião existem dois tipos de viajantes: os que viajam para fugir e os que viajam para buscar.” Viajar é um acelerador evolutivo dos melhores, para fora da cidade abre a cabeça, mas para fora do pais, esgarça os antolhos e torna o regresso viajante uma pessoa mais culta e geralmente mais tolerante. Vale muito o investimento. Só não se esqueça da reflexão: se a viagem é para fugir, talvez nem valha a pena voltar.

Ler bons livros:

Ler é uma grande oportunidade de pensar com a cabeça de outra pessoa e ser bem influenciado por isso. Você não quer pensar com a cabeça de qualquer um, certo? Fuja dos maus livros, esses só levam a dispersão. O que sugiro para esse período, é que releia um bom livro. Você vai se surpreender com essa experiência, vai verificar que amadureceu e o seu ponto de vista a respeito da obra provavelmente mudou e que muitas informações tinham passado despercebidas na primeira leitura.

Praticar o Método DeRose:

O Método DeRose é uma proposta de qualidade de vida e alta performance para lá de interessante. Você reeduca sua respiração, ganha flexibilidade e tônus muscular, treina exercícios de concentração, gerenciamento do stress e mais uma porção de coisas boas. Se você  tem aquela vontade de aprender coisas novas com a intenção de se aprimorar, esse período pode ser o momento mágico.

Como não posso comprar a passagem para aquela viagem dos seus sonhos, convido-o para uma visita em uma das escola que ensinam DeRose, encontre aqui: http://www.metododerose.org/credenciadas/

Ao se inscrever você passará a fazer parte de um grupo de pessoas que buscam se aprimorar continuamente. De quebra terá acesso a aulas práticas, cursos e livros daqueles que valem a pena o bis.

Abraço forte e muita disposição para segundo semestre.



Helton